15.4.09

Fragmentos

"Lá fora, no pátio, os passos, como de gente que ronda. Ruídos calados. E aqui, aquela mulher, de pé no umbral; seu corpo impedindo a chegada do dia; deixando aparecer através de seus braços, fiapos de céu, e debaixo de seus pés réstias de luz; uma luz borrifada como se o chão debaixo dela estivesse inundado de lágrimas. E depois o soluço. E outra vez o pranto suave mas agudo, e a dor fazendo o seu corpo de contorcer.

- Mataram seu pai.
- E quem matou você minha mãe?"


[Fragmentos do Livro Pedro Páramo, do escritor mexicano Juan Rulfo, p. 36]


...

2 comentários:

  1. caramba
    fortes emoções esse livro traz pelo visto
    nunca ouvi falar desse escritor
    está lendo o livro? é bom?

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa!
    você sabe certinho o que escolher e colocar aqui.
    Adorei a linguagem do livro... parece você falando!

    Beijos!!

    Tati.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)