23.4.09

Pedro Páramo

"Ouvia de vez em quando o som das palavras, e notava a diferença. Porque as palavras que havia ouvido até então, e só então fiquei sabendo, não tinham nenhum som, não soavam; mas sem som, como as que se ouve durante os sonhos"

[Fragmentos do Livro Pedro Páramo, do escritor mexicano Juan Rulfo, p. 59]

...

Um comentário:

  1. vc deixxando esses trechos do livro me instiga ainda mais a procurá-lo

    beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)