25.3.10

Bichos Escrotos

Chove e a cidade se transforma em um aquário sujo e abandonado em poucos minutos. O lixo toma o espaço dos carros e dos pedestres. Desconforto, revolta e indignação. Imersos na lama, ninguém consegue refletir que a culpa de tanto transtorno não é unicamente das autoridades (in)competendes. A culpa é nossa?

Ignorância

Ninguém aguenta mais ouvir aquele 'discurso chato' sobre lixo, mas de dentro dos automotores as mãos brotam pelas janelas arremeçando qualquer coisa que não seja bem vinda naquele círculo restrito e particular. Se não existe uma lixeira ao lado, melhor jogar 'fora'. E se a embalagem tem aquele código sms para concorrer naquele sorteio? Melhor guardar não é? Já pensou no desespero de ver a sua sorte sendo arremessada pela janela? Que desperdício!

Hipocrisia.

E não adianta reclamar que não aprendeu na escola pois determinadas atitudes são instruídas dentro da nossa própria casa. E nem adianta dizer que é culpa da classe menos favorecida pois no bairro mais nobre da cidade uma lata de refrigerante vazia não pode esperar dentro do carro importado. A sacola do fast food é arremeçada sem dó e, em seguida, encontra um dos bueiros que estavam limpos até há pouco, porque um servidor da limpeza pública havia passado por lá.

Revolta

A cidade vira um caos. Isso acontece no País inteiro, infelizmente. A culpa é SUA, que joga lixo no chão. O ruim da história é que EU e outras centenas de gatos pingados que fazem a sua parte também acabam sofrendo por isso.

3 comentários:

  1. Me serviu o chapéu.
    Hahahahahaha
    beijooo

    Faxina

    ResponderExcluir
  2. Faremos um sorteio no blog. Passe por lá para saber como e quando. E faca a sua inscricao para poder participar.

    Abracos

    ResponderExcluir
  3. Pois é, se cada um fizesse a sua parte tudo seria tão mais tranquilo. As ruas mais limpas, as chuvas não inundariam uma cidade inteira - porque os bueiros, que servem para escoar a água, não podem fazer o seu trabalho. Eu sou uma indignada por natureza. E faço um sermão quando vejo alguém jogando lixo na rua. Meu filho também. E meu neto, é provável, vai herdar a atitude.
    Ótimo texto.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)