28.3.10

Da natureza

"Não adianta chorar a árvore derrubada. Lágrimas não purificam o rio poluído. Dor ou raiva não ressuscita os animais. Não há indignação que nos restitua o ar puro. É preciso ir à raiz do problema." Palavras escritas no primeiro parágrafo do livro O Massacre da Natureza, de Júlio José Chiavenato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)