18.3.10

Da sorte

Foi sempre com muita desconfiança que participei de sorteios e promoções. Sem muito esperar, saia falando da impossibilidade de ganhar qualquer coisa através desse meio. Conservei essa mania de apostar na sorte com 'um pé atrás' até que hoje me dei conta do quão sortuda eu sou.

Ganhei o prêmio mais cobiçado da promoção da vida: um amor na hora certa, no momento exato que ele deveria acontecer, nem antes e nem depois. Um amor.


3 comentários:

  1. Às vezes, temos os melhor de tudo, e nem nos damos conta, não é? Bem, o importante foi que você se deu conta, e reconheceu que ganhar este prêmio é privilégio de bem poucos!

    Beijos e pétalas.

    ResponderExcluir
  2. Quem dera eu ter participado de algo parecido. Felizes os que amam sem esperar nada em troca e mais felizes ainda os que amam e ganham algo em troca de graça.

    beijo menina de sorte*

    ResponderExcluir
  3. meu deus, como preciso de um prémio assim!!!

    então vamos ter a menina Kuriozza no velho continente? que bom!! para visitar o quê? :)

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)