28.10.10

Imperfeição

É preciso entender que é justamente na deformidade, na dissonância e na realidade que a beleza existe. Não existe um photoshop para manipular a vida, embora muitos tentem camuflar a verdade.

22.10.10

Eu quero mesmo

Eu quero mesmo é cantar yê-yê-yê!
Eu quero mesmo é gostar de você!
Eu quero mesmo é falar de amor!
Eu quero mesmo é sentir seu calor! Eu quero mesmo!

Por muito tempo eu sentia vergonha das coisas que eu sinto
E disfarçando, escrevia difícil só pra complicar
Quando a flor é uma flor e não tem outro jeito da gente dizer,
Pra que mentir, se eu sei, eu sei que...
Eu quero mesmo é cantar yê-yê-yê!

Eu tinha medo de ver a beleza da simplicidade
Nunca falava "eu te amo" com medo de alguém me gozar
Eu gosto de "Besame Mucho" e eu gosto, "eu vou tirar você desse lugar"
Pra que mentir? Quando eu sei que...

Eu quero mesmo é cantar yê-yê-yê!
Eu quero mesmo é gostar de você!
Eu quero mesmo é falar de amor!
Eu quero mesmo é rimar amor com dor!


[Eu quero mesmo - Composição: raul seixas/claudio roberto]

14.10.10

Dos limites

Antes eu achava que desistir era uma atitude covarde, que se deveria tentar até o final, até o último suspiro. Hoje eu compreendi que antes de mais nada é preciso ter muita coragem para tomar essa decisão. Devemos reconhecer e respeitar os nossos limites e os dos outros. A desistência nem sempre é negativa.