14.10.10

Dos limites

Antes eu achava que desistir era uma atitude covarde, que se deveria tentar até o final, até o último suspiro. Hoje eu compreendi que antes de mais nada é preciso ter muita coragem para tomar essa decisão. Devemos reconhecer e respeitar os nossos limites e os dos outros. A desistência nem sempre é negativa.

2 comentários:

  1. Realmente há casos em que se deve mesmo tomar coragem e desistir. E há casos em que a desistência vira falta de respeito com os limites dos outros. Há de tudo nesse mundo. E admiro a desistência corajosa, e acho muito necessária para a felicidade. Mas infelizmente não anula a existência de outros tipos de desistência...

    Beijos e pétalas.

    ResponderExcluir
  2. Sábias palavras. Acho que tem momentos que a gente chega no nosso limite mesmo, porque já deu tudo que tinha para dar e é preciso dar um momento para si mesmo, para buscar novas energias. E cada um passa por isso. Lembrei do filme Amor além da vida. Talvez retrate bem isso.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)