29.9.11

Ilhada

Eu deveria simplesmente deixar as coisas acontecerem, não esperar nada. Assim eu evitaria essa onda de ansiedade que tomou conta de mim. Eu poderia fazer escolhas, seguir outro caminho, começar outra vez. Mas, começar o quê? Que caminho seguir? Eu vejo uma encruzilhada e finco meus pés no chão, imobilizada pela incerteza de não saber como ir adiante. Eu perco horas tentando encontrar a trilha certa, alternando entre desejos megalomaníacos e medíocres de vida. Olho pro céu e vejo que anoiteceu outra vez.

28.9.11

Chronos


O tempo, eu e o nosso eterno desentendimento particular. Quando finalmente nos encontramos, não sabemos o que fazer um com o outro. Até sabemos, já que planejamos esse momento durante tantos dias. Então eu olho para o branco cronograma desatualizado e para o azul do céu e não consigo sair do lugar.

26.9.11

My brother

Hoje estamos em continentes diferentes e há uns três anos eu não posso te dar um abraço. Eu fico feliz ao ver que você é tão amado e admirado por todos a sua volta. Você é alegria por onde quer que esteja e só me enche de orgulho com os seus passos. Veio de você a minha inspiração para cantar, aprender a tocar piano, falar francês e ser independente, cidadã do mundo, entre outras coisas boas. E nossos dez anos de diferença nos fizeram muito bem, porque você cuidou de mim como um verdadeiro irmão mais velho cuidaria. Eu fico aqui com a lembrança do teu sorriso branco e você fica aí com a felicidade. Amo você.

21.9.11

Feliz e Triste

Eu acho que estou feliz e triste
Tudo o que eu tenho cabe
Na minha mão
E eu te dou de coração
Eu não preciso de nada
O mundo é minha casa
O céu é minha camisa
Estrelas vestem meus pés
Eu não preciso de nada
Estrelas vestem meus pés



Feliz e Triste - Ceumar 
Clica e escuta essa música linda!

17.9.11

A Montanha Mágica

E tem dias que eu acordo assim, toda errada. Tudo que eu faço corre o risco de se transformar em desastre e eu me sinto tão pequena, bem mais do que já sou, e encontro aquele velho medo de sempre. Depois eu lembro que a vida é mesmo essa montanha russa e que, se não fosse assim, seria tudo tão entediante quanto aquele colorido carrossel. Deve ser por isso também que eu sempre sorrio quando estou naquele trajeto ascendente e, consequentemente sempre grito - de puro desespero - quando me vejo despencando do alto outra vez. Mas logo eu vejo uma outra curva e tudo fica de cabeça pra baixo e eu volto a subir, e a sorrir, outra vez.

15.9.11

Das armas

Eu me protejo de você com as minhas armas: as minhas mãos, a minha mente e o meu silêncio. E é verdade, eu me distancio de tudo aquilo que me faz mal. Isso inclui você.


Update: Texto fruto de uma irritação imaginária. Ficção pura e desnecessária! =P

9.9.11

Das Semelhanças

É engraçado perceber o quanto eu tenho de você em mim, mãe. E não são só os olhos, mas também o jeito de olhar as coisas.

4.9.11

Setembro

Setembro chegou trazendo os ventos da mudança. Entre caixas e sorrisos, colorimos o nosso lar. E finalmente estamos felizes e em paz.

___
ps: Estarei sem internet provavelmente até dia 15, mas vou dar um jeito de visitar vocês!
Obrigada pelas palavras de carinho dos últimos posts..

2.9.11

#20

Setembro chegou e trouxe consigo a hora da nossa mudança. Enquanto eu carregava as sacolas e as caixas o meu sorriso ultrapassava o meu rosto. Foi um dia muito feliz, e cansativo como não poderia deixar de ser. E já se passaram dois dias, coisas mais urgentes já foram providenciadas e agora a casinha já está ganhando o nosso tom. Ainda não temos internet, talvez semana que vem tudo se normalize. Ontem a tardinha, quando eu voltava de um passeio no parque colhi umas flores do campo para alegrar a nossa noite. Daqui a pouco eu mostro as novidades para vocês.