29.9.11

Ilhada

Eu deveria simplesmente deixar as coisas acontecerem, não esperar nada. Assim eu evitaria essa onda de ansiedade que tomou conta de mim. Eu poderia fazer escolhas, seguir outro caminho, começar outra vez. Mas, começar o quê? Que caminho seguir? Eu vejo uma encruzilhada e finco meus pés no chão, imobilizada pela incerteza de não saber como ir adiante. Eu perco horas tentando encontrar a trilha certa, alternando entre desejos megalomaníacos e medíocres de vida. Olho pro céu e vejo que anoiteceu outra vez.

6 comentários:

  1. por que costuma ser assim...o medo engessa e nos limita novas possibilidades...

    ResponderExcluir
  2. Também me sinto assim! Talvez devessemos deixar os caminhos nos encontrar... mas mesmo assim é difícil.

    ResponderExcluir
  3. sabe, ansiedade é uma m#$%¨! sofro com ela, e sei o quanto ela perturba, o quanto ela maltrata.

    acho que a grande saída é deixar de esperar as coisas dos outros. Aí tudo que vem é bônus - mas quando você descobrir a fórmula me passa tá?

    ResponderExcluir
  4. Se a gente não decide a vida, a vida decide pela gente...Às vezes ficamos felizes com a decisão.

    ;)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Vanessa
    Mas a gente é mais forte que isso, tenho certeza. Um beijo
    __
    Marcela
    É verdade, é preciso muita coragem para quebrar os próprios limites. Um beijo.
    __
    Fernanda
    Seria ótimo se esse caminho aparecesse logo! Enquanto ele não vem, paciência. A gente chega lá! ;)
    __
    Flá Costa
    Menina, ode deixar que se eu descobrir a fórmula eu te passo. Ninguém merece essa ansiedade. =/
    __
    Luna Sanchez
    Essa é a minha esperança e, com certeza, a vida decidirá pelo melhor. Um beijo!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)