13.10.11

Sobre a Cegueira

Não adianta. Sempre existirão aqueles dias cinzas, nos quais a gente vai duvidar da nossa força e da nossa importância. Mesmo sendo ruins, são eles que nos impulsionam a pensar no que pode ser melhorado e mudado, no que pode fazer a diferença. E, apesar do cinza, ele são importantes para que nós possamos escolher as cores dos próximos passos.


Menos de uma hora após a publicação do último texto, todo o cenário se modificou de uma maneira que eu não esperava. Uma surpresa. Eu fiquei feliz e maravilhada por ver que existem caminhos e que caminhar só depende do meu esforço. Lógico que eu já sabia disso, e você também, mas o problema foi aquela névoa que me cegou por alguns instantes. Todos nós temos momentos de cegueira mas o mais incrível é que a vida está no comando e a gente nem percebe. O moinho voltou a girar, ainda bem.

6 comentários:

  1. sorte dos que percebem que estão no meio de um nevoeiro. os fortes de espírito, os otimistas, os corajosos, os determinados... :*

    ResponderExcluir
  2. que bom!
    que bom que as coisas passaram, como você mesmo disse, a vida é um círculo e nele a gente vai e volta.

    aproveita a fase boa!

    beijoca

    ResponderExcluir
  3. Graças! Dias multicoloridos sempre!


    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Viver é rotineiramente uma surpresa, passos que revelam que confirmam que alegram que entristece.. Viver, é um mistério!

    Nevoas sempre viram, mas sempre se dissiparão quando for o momento certo.
    Mas é assim, caminhando iremos aprendendo.

    O blog tá muito lindo!
    (estou de volta)

    ResponderExcluir
  5. Um ambiente minimal, com textos enxutos. É muito agradável estar aqui!

    Voltarei mais vezes!

    Saudações,

    Margot Félix

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)