3.12.11

Dezembro

Em janeiro eu escrevi que o ano seria de muitas mudanças. Naquele dia eu ainda não tinha a mínima ideia do que encontraria pela frente. E foram tantas coisas, felizes e tristes, que eu jamais imaginaria que pudessem acontecer comigo e elas simplesmente aconteceram. Hoje eu percebi que envelheci alguns anos nos últimos meses e eu tento tanto a dizer, tanto, que não existiria aqui o espaço suficiente. 

Sinceramente, talvez eu nem precisasse de tanto espaço. Talvez eu nem precisasse perder o meu tempo procurando as palavras certas para me fazer entendida. Eu já deveria saber mesmo é que as pessoas não estão interessadas no que eu tenho a dizer. Nunca estão. Existem prioridades. Ponto final.

Eu faço e refaço todas as orações e concluo que o que eu tenho a dizer não deve ser mesmo nada importante para ninguém além de mim. Ninguém entenderia de qualquer forma. Então eu sigo em frente. Eu sempre aprendi e continuo aprendendo muito com esse meu silêncio. Dezembro chegou me pedindo para ter calma e um pouco mais de paciência comigo mesma, e principalmente a mesma coragem de antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)