4.9.12

O vencedor

Aos poucos ele finalmente sai daquele estágio de letargia, de dormência e de cegueira que só quem sofreu dias amargos de depressão consegue imaginar. Eu sempre soube que ele precisava desse tempo e, ao contrário daqueles que só contribuíam para o crescimento desse mal estar através de críticas insensíveis e infundadas, eu decidi estender a minha mão e esperar. Eu olhava aqueles olhos enevoados e sabia que o brilho ainda estava lá, sempre esteve. Nos últimos dias, o brilho no olhar reapareceu e está cada vez mais forte. A cada nova reação, meu coração quase explode de orgulho. A cada pequeno passo, não consigo conter o meu sorriso de felicidade. Eu sei que vencer a si mesmo requer muita coragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)