9.9.12

Project365 - #2

[Domingo - 09.09.12 - 14/365]
Depois de um dia daqueles de falar besteira e se arrepender depois, de preocupação, de autoanálise, de faxina e de ter que lavar um banheiro sem ralo - não me conformo com isso gente - só um balde de Nutella para salvar o dia.
[Sábado - 08.09.12 - 13/365]
Dia de passar o tempo inteiro vendo anúncios nas imobiliárias e torcendo para que a gente consiga encontrar algum lugar para morar o mais rápido possível. Durante a noite fiquei folheando a revistinha do Ikea que coincidentemente chegou aqui em casa nessa semana.  
[Sexta-feira - 07.09.12 - 12/365]
Dia de madrugar para ir ao trabalho e de ver o sol nascendo outra vez. Adoro quando o sol aparece entre as árvores e adoro ainda mais quando não está chovendo e ventando no caminho. Apesar do presente bonito no céu, confesso que senti uma inveja danada de quem estava aproveitando o feriado em casa.
[Quinta-feira - 06.09.12 - 11/365]
Começamos a escrever o primeiro capítulo da história da nossa mudança. Fomos visitar um flat no centro da cidade,  extremamente bem localizado e minúsculo, é claro. O moço da imobiliária nos deixou esperando uns belos vinte minutos, pontualidade britânica - o mito, e nós não gostamos muito do desinteresse dele. Acabei esquecendo de tirar uma foto na hora, então vai a foto da H&M mesmo já que aproveitamos a ida ao centro para comprar algumas coisinhas.
[Quarta-feira - 05.09.12 - 10/365]
Dia de ir ao trabalho voluntário número um, no escritório que fica no último andar da biblioteca central da cidade. É engraçado poder circular pelos locais de acesso restrito aos funcionários e poder ver a biblioteca ainda sem vida, antes das oito da manhã.
[Terça-feira - 04.09.12 - 09/12]
 Não estava me sentindo muito bem e passei o dia de repouso, mesmo. Pedi para o Kerouac me fazer companhia, mas não deu muito certo não. É a terceira ou quarta vez que eu empaco nas primeiras cinquenta páginas desse livro.
[Segunda-feira - 03.09.12 - 08/365]
Dia de trabalhar, de tentar colocar a rotina em ordem e de voltar a estudar de verdade. Encontrei esses bonitinhos na biblioteca e fiquei muito animada. Não vemos a hora de voltar para a Universidade. <3

2 comentários:

  1. Banheiro sem ralo - também não entra na minha cabeça como isso acontece. ALiás, uma amiga minha, da époc ada Espanha, inventou de lavar o banheiro... e depois, bem depois, se deu conta de que não havia ralo.
    Ou seja: balde e pano nas mãos!

    ResponderExcluir
  2. Quase aconteceu isso comigo também Karine, mas a sorte foi que eu percebi que estava faltando alguma coisa antes de sair jogando água no chão! Olha, odeio lavar banheiro sem ralo, praticidade zero! :P

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)