16.9.12

Project365 - #3

[Domingo - 16.09.12 - 21/365]
Na hora do almoço, hora da saudade de casa mais forte de todo domingo, a gente canta aqui todas as músicas que cantava lá. "...é complicado estar só, quem está sozinho que o diga quando a tristeza é sempre o ponto de partida, quando tudo é solidão. É preciso acreditar num novo dia, na nossa grande geração perdida, nos meninos e meninas, nos trevos de quatro folhas. A escuridão ainda é pior que essa luz cinza, mas estamos vivos ainda.."
[Sábado - 15.09.12 - 20/365]
Dia atípico de trabalho no sábado para substituir os coleguinhas que estão curtindo as férias. Eu gosto de voltar para casa por esse caminho porque ele é muito verde, além de ser feito exclusivamente para pedestres e ciclistas. Algumas pessoas gostam de reparar nas grades, eu prefiro olhar para as flores.
[Sexta-feira - 14.09.12 - 19/365]
Dia de sair cedinho para o trabalho. Diferentemente das duas últimas sextas, não teve  o nascer do sol e sim muita chuva e muito vento frio no rostinho as cinco e meia da manhã - que delícia! Depois do trabalho pude aproveitar minha tarde de chuva tranquila embaixo do meu edredom quentinho. O Hans adorou a ideia e foi a minha companhia nessa tarde de preguiça 
[Quinta-feira - 13.09.12 - 18/365]
A temperatura tem caído consideravelmente nos últimos dias, principalmente durante a noite.  Os jardins floridos começam a dar espaço para as cores do outono e as amoras - blackberries - já começaram a aparecer.
[Quarta-feira - 12.09.12 - 17/365]
Depois de um dia de muita chuva, o sol resolveu dar o ar de sua graça no final da tarde. Eu estava saindo do trabalho voluntário quando percebi que o céu azul estava chegando para tomar o lugar das nuvens pesadas. Ao fundo, a catedral da cidade. 
[Terça-feira - 11.09.12 - 16/365]
Levamos um bolo da moça da imobiliária e decidimos cancelar a próxima visita que já havíamos agendado.  Para alegrar um pouco a noite, resolvemos fazer um festival de sanduíches em casa mesmo - com batata frita, é claro. A foto ficou péssima, mas estava tudo muito bom.
[Segunda-feira - 10.09.12 - 15/365]
Dia chato, estressante e cansativo de trabalho e de sufoco atrás de casa nova. A hora mais feliz foi a hora de dormir e de tentar sonhar com dias bons. Há mais de um mês resolvi criar um momento "só meu"antes de dormir, onde passo meus creminhos e penso no dia. Tenho usado essa linha da Nívea e tenho gostado bastante.

Um comentário:

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)