28.10.12

Project365 - #9

[Domingo - 28.10.12 - 63/365]
Dia muito frio, muito chuvoso. Fomos conhecer a cidade de Swindon, que fica a uns 50 minutos de carro da cidade onde moramos, A viagem foi feita especialmente para ir a um restaurante brasileiro e sim, nos esbaldamos. Comemos churrasco, rodízio, feijão, arroz, farofa, pão de queijo e tudo mais até passar mal. Adoro carrosséis e fiquei contente quando me deparei com esse pequenininho no centro da cidade.
[Sábado - 27.10.12 - 62/365]
Dia de bater perna no centro da cidade e entrar na rota da Zombie Walk sem querer. Muitas fantasias legais, muita gente participando da brincadeira. Eu gostaria muito de ter tirado uma foto melhor, mas só saiu essa para ilustrar. =~~ 
[Sexta-feira - 26.10.12 - 61/365]
Foi um dia frio daqueles, mas o céu estava incrivelmente limpo e o sol brilhava tanto  que era impossível caminhar pelas ruas sem óculos escuros. Dia lindíssimo. Se estivesse um pouquinho mais quente... =~~
[Quinta-feira - 25.10.12 - 60/365]
Voltando para casa depois do trabalho, acabei passando em frente a esse pub que fica pertinho da nossa casa que já era um pub antigo em 1500. Caminhar pelas ruas de uma cidade de um continente tão velho é mesmo incrível. A cada esquina você se depara com um lugar assim, que já passou por tantos dias e tem tantas histórias para contar..
[Quarta-feira - 24.10.12 - 59/365]
Como eu imaginava, acabei devorando o livro do Lobão e terminei hoje. Esse aí é um trechinho do epílogo, com o qual eu me identifiquei bastante, sobre o amor e a insatisfação.
[Terça-feira - 23.10.12 - 58/365]
Fomos à biblioteca central para que ele pudesse escolher alguns livros e, enquanto eu o esperava, fiquei lendo sentada no chão de um dos corredores. Quando olhei para frente dei de cara com uma estante dedicada a Virgínia Woolf, que eu nunca li. Acho que já está na hora de conhecê-la. 
[Segunda-feira - 22.10.12 - 57/365]
O livro da semana - ou dos próximos dois dias porque do jeito que eu estou lendo é bem capaz de acabar antes - é esse aí. Gostando ou não do Lobão, acho que é uma leitura obrigatória para quem gosta de música e para quem quer conhecer alguns causos interessantes dos bastidores do cenário musical tupiniquim.  

2 comentários:

  1. Eu gostei muito do livro do Lobao!

    E AMO carroceis, AMO!!!! Imagino a felicidade de ir num restaurante brasileiro, as vezes fazemos isso tambem... Ai que saudades, ne? Hoje mesmo falava com Maridon de como as padarias no brasil sao maravilhosas!

    Walking dead - jamais entenderei a graça disso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei o livro, devorei em três dias! Menina, quase chorei quando senti o sabor do feijão com tempero de mãe na boca, sério mesmo. A gente já fez feijão aqui, mas não fica a mesma coisa né? E o pão de queijo? E a farofa temperada??? Gente do céu..

      Achei a passeata dos zumbis interessante porque tinha muita família, muita criança fantasiada, e eu nunca tinha visto. E por aqui não adianta, com ou sem fantasia, no final das contas a única "diversão" nas festas aqui é beber até passar mal. Aff...

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)