17.4.13

Dos medos


“Tive um sonho horrível essa noite. Sonhei que o nosso avião estava caindo, mas foi engraçado porque eu não senti medo. Na hora que eu percebei que não teria mais jeito, eu te abracei bem forte, como pude, e fiquei repetindo ‘te amo, te amo, te amo...‘ e fiquei feliz porque você estava do meu lado.”

--

ps: As declarações de amor que eu recebo diariamente acontecem assim, nos momentos mais inesperados. Os pesadelos dele quase sempre estão relacionados ao pânico de andar de avião e geralmente são bem feios, mas o de ontem, segundo ele, foi até bonito. :P

4 comentários:

  1. Entreguei os meus medos para Deus, e aos poucos vou retomando minha fé e esperando pelo dia que vou ouvir de novo declarações.

    Seja muito feliz, moça dos lábios vermelhos :)

    ResponderExcluir
  2. Linda declaração de amor, muito linda mesmo. :)

    ResponderExcluir
  3. Mas até na beira da morte, ter alguém que a gente ama por perto, torna tudo bem mais fácil.
    Mesmo em sonho.

    Boa tarde. "_"

    ResponderExcluir
  4. AUhauahua que declaração de amor mais linda e dramática!

    Kisu!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)