22.11.13

Dos vizinhos

Enquanto o som invade e cresce a cada nota dentro do apartamento, tento imaginar o rosto responsável pela execução dessa tal arte tão elaborada. Imaginei primeiramente uma senhora, que para preencher o tempo vazio dos seus dias, resolveu dar aulas. Imaginei também uma jovem, que encontrava no piano a alívio para as suas dores, fugas e amores. Também pode ser um jovem, um senhor, não sei.

Não conheço os vizinhos do apartamento acima. Sei apenas que eles fazem muito barulho, que eles têm uma criança hiperativa que, assim como toda e qualquer criança, não tem horário fixo para gritar, brincar e correr pela casa. Sei também que nesses últimos dias eles têm discutido bastante. No dia da última discussão mais acalorada, o piano tocou sem parar.

Hoje foi um dia cinza e frio aqui dentro, e eu resolvi entregar um pouco os pontos. Aproveitei que a chuva caia e soltei a represa da alma para aliviar um pouquinho esse peso das costas também. Senti que era necessário e que seria bom para que eu pudesse me renovar. O som do piano foi meu companheiro durante toda a tarde, do início ao fim, com direito a execução de algumas das minhas músicas favoritas.

A vida tem mesmo um jeito engraçado de fazer um agrado inesperado e carinhoso nesses meus dias tristes. Depois do choro solitário, um sorriso calmo  chegou para me fazer companhia. Acho que vou deixar um bilhetinho no hall, agradecendo aos vizinhos pela música boa de todos os dias.

6 comentários:

  1. eu li o título e cheguei aqui pronta pra xingar tudo meus vizinho hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem que hoje pela manhã eles foram muito xingados! Furadeira funcionando as 7.00 da manhã? Aí foi demais. Hahahahaha =P

      Excluir
  2. É, acho que concordo com a Juliana aí em cima...
    Eu queria que os meus vizinhos tocassem piano...

    Beijos pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Música é mesmo uma coisa mágica! :)
      Um beijo Evy!

      Excluir
  3. deixa sim. quem sabe vc faz um contato legal e os dias tristes ficam menos tristes. E pq vc nao me liga nessas horas??? hunf!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi só uma tarde triste, mas já passou. :D
      Descobrimos que o motivo do chororô era uma tpm braba. Um pacote de biscoito de chocolate depois, estava tudo resolvido. hahahahaha

      Excluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)