2.8.14

Duas rodas

Durante as três primeiras semanas de julho, decidi abdicar do transporte coletivo e ir caminhando para o escritório onde trabalho. Foi a alternativa mais propícia que encontrei para amenizar o estresse diário e aproveitar um pouquinho do verão incrível que estamos tendo por aqui também durante os meus dias úteis.

Nesses quatro quilômetros e meio de percurso, eu atravesso dois parques enormes e caminho em algumas ruas lindíssimas. São cafés, floriculturas, árvores robustas, bicicletas, fachadas coloridas, pessoas coradas pelo sol e muitos outros detalhes bonitos para admirar pelo caminho.

Os dois primeiros dias foram muito cansativos, mas como isso foi um reflexo da minha fraqueza de pessoa sedentária, decidi seguir em frente com o desafio e concluí com êxito as três semanas de quase nove quilômetros diários. Nessa última semana, consegui uma bicicleta compatível com o meu pouco tamanho emprestada e foi incrível poder fazer o mesmo percurso sob duas rodas.

Depois dessa experiência feliz, de liberdade e vento no rosto, decidi que vou investir em uma companhia de duas rodas para continuar realizando esses pequenos percursos diários. Não vejo a hora de encontrar uma pequenininha para me levar para onde eu quiser nessas ruas planas de Berlim. 

Um comentário:

  1. Oi!!!

    Sabe, eu adoro o modo como você me faz sentir dentro dos seus cenários! Eu realmente me envolvo e gosto disso. Sinto falta de andar de bicicleta, mas assim como você descreveu e não morrendo de medo de ser atropelada ou furtada, como aqui no Brasil. A última vez que pilotei uma vélo foi em Barcelona... e eu guardo aquela sensação mágica até hoje. Ótima escolha a sua de ir assim pro trabalho!
    Beijos!
    M.
    CaseiComOMundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)