23.10.14

Da beleza

Não me recordo de já ter visto na minha vida um outono tão bonito quanto este, não mesmo. Talvez seja pela natureza presente nos pequenos e grandes detalhes, nos parques e nas varandas dos prédios, nas ruas e nas folhas amareladas que se acumulam pelas calçadas. Vou sorrindo e guardando na memória as esquinas, as curvas, as fachadas, a chuva de folhas secas e o muro avermelhado. 

Um comentário:

  1. Realmente, um dos outonos mais lindos! Faco o caminho mais longo de manha, pra vir pro trabalho, so pra ver as arvores.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e pelo comentário! :)